Como fazer um informativo simples? O passo a passo COMPLETO

Como fazer um informativo simples

Você está pensando em fazer um informativo para sua empresa, escola, igreja ou para o seu bairro? E o que você acha de fazer um informativo para o seu grupo do WhatsApp?

Listamos então o passo a passo completo para saber como fazer um informativo simples. Veja abaixo o os principais pontos:

Checklist de como fazer um informativo simples:


1. Software utilizado
2. Formato e número de páginas
3. Periodicidade
4. Público-alvo
5. Nome do informativo
6. Editorias
7. Textos
8. Imagens
9. Publicação


1. Software utilizado:


Defina primeiramente qual é o software que você irá utilizar. Existem alguns softwares no mercado que são pensados para esse tipo de trabalho de diagramação, como o Ms Publisher e o Adobe InDesign. O InDesign hoje é o mais recomendado para trabalhos profissionais.

Como o propósito desse artigo é apresentar como fazer um informativo simples, muitas pessoas acabam utilizando o PowerPoint ou até mesmo o Word. Para um informativo simples, o uso desses softwares não é errado, apesar de não serem os mais apropriados para este tipo de trabalho.

Avalie então qual desses softwares você possui mais habilidade para definir o próximo passo:

2. Formato e número de páginas:


Como um informativo simples normalmente possui um formato pequeno, vamos apresentar algumas opções básicas de formatos:

- Papel A4 em pé (retrato): medidas de 29,7 x 21 cm. Esse formato é para quem está iniciando e ainda não possui uma quantidade tão grande de notícias. Por ele ser muito pequeno, tome cuidado para não dividir os textos em mais de duas colunas, pois você poderá ter problemas com a formatação do seu texto. Utilize também o verso do papel para você ganhar espaço e mais uma página em seu informativo.

- Papel A3 deitado (paisagem), com uma dobra: medidas de 29,7 x 42 cm. Esse formato é mais interessante para quem precisa publicar mais notícias e precisa de mais espaço. Com uma folha dobrada, você terá quatro páginas.  Se preferir, você ainda pode acrescentar mais uma folha A3 para ganhar mais quatro páginas.

Há também os formatos maiores, que são utilizados pelos grandes jornais. São eles:

- Formato Standard: medidas de 56 x 32 cm (Ex.: Folha de S. Paulo)
- Formato Tabloide: é o formato standard dividido ao meio (Ex.: Jornal Meia Hora).
- Formato Germânico: medidas de  46 x 32 cm (Ex.: Jornal Lance).

3. Periodicidade:


Qual é o período que o informativo será publicado? Será semanal? Quinzenal? Mensal? Bimestral? Defina este período e cumpra os prazos.

4. Público-alvo:


Parece algo óbvio demais ter que definir o público-alvo para um informativo da igreja, certo? Sim, parece óbvio, mas o que muita gente esquece é de pensar no público-alvo em cada etapa do processo de criação (linguagem, cores, formato, títulos, imagens, etc.), para que esse público possa ser atingido.

5. Nome do Informativo:


Faça uma lista de palavras relacionadas ao seu ramo de atividade e ao seu público-alvo, no propósito de levantar algumas ideias. Feito isso, separe as melhores ideias, combine algumas palavras e busque sinônimos para definir o nome do informativo. Não crie um nome muito grande. Um nome de até três palavras é o suficiente. Utilize esse site para encontrar alguns sinônimos para suas palavras (https://www.sinonimos.com.br/).

6. Editorias:


O seu informativo terá apenas notícias gerais ou terá também editorias fixas (eventos, curiosidades, esportes, entretenimento)? Ao definir essas editorias, é importante que elas tenham um espaço reservado, para que as pessoas possam acompanhar em cada edição publicada. Antes de definir as editorias, pense primeiro se você terá conteúdo suficiente para manter essas editorias nas próximas edições.

7. Textos:


Digamos que essa é a parte mais importante do seu informativo. Lembre-se que o responsável pela redação precisa ter um bom domínio da língua portuguesa. Direcione o tipo de linguagem para o seu público-alvo e não use jargões e gírias nos seus textos.

Para escrever um texto consistente, pense nas seis perguntas básicas do jornalismo para te orientar nas suas matérias (O quê? Quando? Onde? Quem? Como? Por quê?). Isso fará com que você não esqueça ou deixe para trás nenhuma informação importante.

Após finalizar os textos, não se esqueça de fazer a revisão final. Se possível, peça para outra pessoa também revisar os textos, além de você.

8. Imagens:


Não use fotografias que aparecem no Google, pois algumas delas podem conter direitos autorais. Prefira utilizar fotos tiradas por você ou pela sua equipe.

Caso você não tenha como tirar muitas fotos, existem alguns bancos de imagens gratuitos na internet que poderão te ajudar, como o Pixabay (https://pixabay.com/pt/).

Se você tiver como tirar as fotos, conte também com um editor de imagens para auxiliá-lo, como o Adobe Photoshop.

9. Publicação:


Se você pensa em fazer a publicação por meio impresso, seguem os principais tipos de papel que você poderá utilizar:

- Papel jornal: esse é o mais utilizado em publicações de grande circulação. Esse tipo de papel também é o mais barato.

- Papel offset: esta é a folha mais conhecida por todos, pois é a mesma que você usa em sua impressora.

- LWC: esse tipo de papel tem um brilho nos dois lados do papel, lembrando o papel Couchê. Ele é muito usado nos na impressão de jornais promocionais (como Casas Bahia, por exemplo).

Caso a sua publicação seja por meio eletrônico (e-mail), exporte o seu arquivo em formato de imagem (JPG ou PNG) para enviar no corpo do e-mail. Outra opção é salvar o seu arquivo no formato PDF para enviar como anexo do e-mail.

Outra boa opção para divulgar a sua publicação é fazendo o upload do seu informativo em sites e aplicativos, como o ISSUU (https://issuu.com/), que são serviços voltados para ler informativos, revistas e livros pela internet.

Tem ainda a ideia de divulgar o seu informativo nas Redes Sociais e pelo WhatsApp. Para isso, basta salvar o arquivo final no formato JPG ou PNG.

Conclusão:


Mesmo se você estiver buscando apenas fazer um informativo simples, não o faça de qualquer jeito. Invista em um layout que irá atrair a atenção dos seus leitores. Caso você não tenha nenhum conhecimento de design gráfico, talvez possamos te ajudar. Acesse este link para solicitar um orçamento sem compromisso.

Esperamos que essas dicas tenham te ajudado a fazer o seu informativo. Agora que você já sabe todos os passos importantes de como fazer um informativo simples, leia também esses artigos:

- Conheça os benefícios de criar um informativo na sua empresa
- Mercado de oportunidades: simples ideias para ter um retorno imediato
- Como vetorizar uma imagem?


0 comentários: