Site bom e barato: o que você precisa saber para ter um

site bom e barato

Site bom e barato. Parece ser algo simples, mas um tanto difícil de encontrar. Quanto mais procuramos no Google por um site bom e barato, mais damos voltas e parece que não chegamos a lugar nenhum. E quando encontramos, ficamos com aquela pulga atrás da orelha.

Por esse motivo, convido a você para conhecer 5 dicas importantes para saber se aquele serviço de criação de site é realmente BOM e BARATO:


1. Conheça o portfólio da agência. Sim, parece um pouco óbvio, mas algumas pessoas pulam essa etapa e nem ao certo sabem sobre o trabalho que estão contratando. Então "fuçar" nunca é demais.

2. Peça um orçamento e analise os detalhes da proposta. Outro fator muito importante para avaliar o que está sendo cobrado de fato. Às vezes caímos naquela pegadinha que o site pode parecer barato demais, mas a proposta não oferece os recursos básicos que o seu site deveria ter.

3. Compare orçamentos com no mínimo cinco agências. A comparação deve ser feita não somente de valores, mas também pela quantidade de recursos que as propostas irão te oferecer. Se for necessário, monte uma tabela para fazer essa comparação.

4. Conheça a procedência da agência que irá contratar. Verifique se CNPJ, presença nas Redes Sociais e quanto tempo ela já atua na internet. Observe também se os clientes que a agência atende são reais ou apenas meras imagens ilustrativas.

5. Cuidado ao contratar sites de concorrência criativa. Esses sites trabalham com terceirização de serviço e não costumam se responsabilizar por eventuais problemas que possam acontecer. Você acabará tendo que confiar em alguém que não possui CNPJ e não terá como reclamar se o webdesigner acabar sumindo do mapa.

Mas o que meu site precisa ter para ser realmente bom?

Veja agora essas dicas de ouro para você entender quais recursos são fundamentais para o seu site sobreviver na internet:

- Indexação no Google. Este item é básico. Se o Google não conseguir localizar o seu site, é como se ele não existisse. Questione a agência se o seu site aparecerá no Google e peça dicas sobre qual domínio usar para que o seu site apareça melhor no buscador.

- Layout adaptável para dispositivos móveis. Se o seu site não puder ser visto do seu celular ou de um tablet, esqueça! A tendência é que as pessoas daqui pra frente usem cada vez mais seus celulares para fazer negócios.

- Integração com o Google Analytics. Essa ferramenta permite que você possa visualizar quantos acessos o seu site teve por dia, oferecendo diversas estatísticas, tais como horários de acesso, localização dos visitantes, páginas mais acessadas, entre outras informações. Para conhecer um pouco mais sobre essa ferramenta, é só acessar o site dessa ferramenta: https://analytics.google.com/

Existem também outros recursos importantes, tais como:

- Formulários de contato e de orçamento;
- Galeria de imagens;
- Cadastro de newsletter (envio de notícias por e-mail);
- Chat integrado no site;
- Botões de redes sociais.

E aí, o que achou dessas dicas? Espero, que com elas, você consiga encontrar o melhor serviço de criação de site bom e barato que você tanto precisa. Ficou com alguma dúvida? Comente aqui, quem sabe posso te ajudar com mais alguma informação.

E então, está preparado para iniciar a sua pesquisa? Então clique aqui e peça um orçamento conosco!

0 comentários: