Dicas de negócios para empreender na crise

Dicas de negócios para empreender na crise

Se a crise vivida pelo Brasil nos últimos anos atingiu até os grandes empresários, imagina então quem não é dono de um grande negócio. Vimos a taxa de desemprego disparar e muitas pessoas acabaram ficando sem saída e com dívidas aumentando cada vez mais.

Entretanto, por mais que a situação esteja difícil para todo mundo, há sempre uma saída. Neste artigo, vamos mostrar alguns negócios para investir e conseguir empreender até mesmo durante a crise. Continue lendo e veja em qual deles você pode se dar melhor.

- Cosméticos no varejo: Este é um mercado consolidado. E por que dizemos isso? É simples: estudos mostraram que a vaidade é a quarta maior economia do mundo. E na crise, as pessoas deixam de frequentar os salões de beleza, que são mais caros, pelos cuidados em casa. Assim, precisam comprar os produtos de beleza. Então, vender cosméticos no varejo tem se tornado bastante rentável para quem deseja fugir da crise;

- Foodtrucks: Os donos de foodtrucks foram os que menos sofreram com a crise. Isso porque a venda de comidas sob rodas é algo que faz bastante sucesso. O principal motivo é porque são mais baratos do que ir a restaurantes e também porque são muito práticos. Quem não quer fazer comida em casa, busca um foodtruck e consegue comprar um bom lanche por um preço razoável;

- Concerto de produtos: Com a crise, a maioria das pessoas deixou de comprar coisas novas e passou a investir no concerto dos produtos que estragaram. Isso vale para celulares, computadores, relógios, eletrodomésticos, entre diversos outros setores. É algo que sai mais barato do que comprar novo e o dono do negócio sai lucrando;

- Franquias: O setor das franquias é um dos que cresce todos os anos. Por serem marcas conhecidas, as pessoas não têm receio de comprar nesses lugares. É sempre o mesmo preço e os mesmos produtos no Brasil todo. Portanto, as franquias são uma ótima opção para empreender;

- Negócios online: Outro setor que teve um grande crescimento com a crise foram as empresas que estão somente em ambiente virtual. Independentemente do produto ou serviço escolhido para comercializar, é algo que sai muito mais barato e dificilmente terá muitos custos com aluguel e logística, por exemplo. Basta escolher o que melhor se adequa à sua realidade e investir.

Comunicação para empresas é na Agência Mocho

Este artigo nos mostrou que até mesmo na crise é possível empreender. Porém, é preciso ter determinação, disciplina e criar uma boa comunicação para que o negócio tenha uma imagem profissional perante o público-alvo. E a Agência Mocho sabe disso e oferece a melhor comunicação para empresas.

O principal diferencial da nossa agência é que o serviço oferecido é de altíssima qualidade, mas os preços são populares e acessíveis. Sabemos que, com a crise, nem todos podem investir muito dinheiro em comunicação e design, por isso, queremos crescer junto com as empresas que são nossas clientes.

Conheça o site da Agência Mocho, faça um orçamento e invista em atingir o público que você deseja.

0 comentários: