Manual de Identidade Visual: 3 motivos para você ter um

manual de identidade visual

Entenda agora 3 simples motivos para se ter um manual de identidade visual.


É muito comum a ideia de que criar um logotipo é sinônimo de criar uma marca. A diferença entre esses termos normalmente só é percebida quando a empresa não se expressa de maneira consistente. 


Colorido ou monocromático? Arial ou Helvetica? Qual tamanho mínimo de impressão? Falar de modo mais formal ou informal? Essas perguntas representam dúvidas que normalmente não são levadas a sério na correria do dia-a-dia de uma empresa - especialmente as de pequeno porte, em que normalmente uma pessoa executa diversas funções.

Quando se vê, cada pessoa se resolveu de um jeito sem que tivesse um consenso a respeito de como a empresa deveria se expressar. Sem contar os prejuízos obtidos com banners impressos de modo inadequado ou ilegível tudo porque não existia um manual de identidade visual dizendo qual o modo adequado. E aquele lindo logo, que custou caro para ser criado, não tem o resultado esperado.

A gestão de marcas, conhecida como Branding, se torna algo necessário. Branding envolve logo, nome, tipografia, cores, dentre outros parâmetros, garantindo a consistência e a harmonia entre eles. A Agência Mocho também oferece soluções para criação de um Manual de Identidade e também de criação de logotipo. Visite nossa página e conheça todos os serviços que oferecemos.

Por que ter um manual de identidade visual?

1. Garantir as características da marca, independente do formato

Não importa se o logo será grande ou pequeno, num site ou num panfleto. O manual prevê como ele deve ser manuseado de modo que as características básicas não sejam perdidas.

2. Economia de recursos

Com a indicação do que não deve ser feito, a produção de conteúdo de divulgação, assim como o contato com cliente, fica mais ágil e evita erros em aplicações, resultando em mais economia.

3. Profissionalismo

O logo, por si só, não é o suficiente para que a empresa se expresse. Tipografia, forma do logo, cores devem funcionar em harmonia para assegurar uma comunicação eficiente. Uma empresa que demonstra essa consistência, também demonstra profissionalismo.

Um exemplo muito interessante que resume tudo isso é o caso da Oi. No início do ano, a marca passou por um processo de re-branding para demonstrar maior proximidade ao cliente. Com 70 formas diferentes para o novo logo, um bom manual de identidade passou de necessidade a obrigatório. O vídeo abaixo, do Ferreira Studio, explica de modo muito didático o que ocorreu com a marca da Oi. E nesse link, você pode ler o manual de identidade deles. Note como cada detalhe (ao falar com o cliente, usar "você" ou "vc") conta.



Caso tenha gostado desse artigo, não se esqueça de curtir e compartilhar este artigo com seus amigos. Caso você tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica, deixe um comentário aqui abaixo. Aqui, a sua participação vale muito!

Fonte: Fósforo, Ferreira Studio

0 comentários: